A saúde animal é um factor determinante na viabilidade das explorações pecuárias e condição essencial para o garante da Saúde Pública. Ciente desta realidade, a ACOS criou em 1989 o Agrupamento de Defesa Sanitária (ADS) de Beja. Desde então, este Departamento da ACOS tem vindo a aumentar e a actualizar o seu leque de serviços, de forma a acompanhar e aplicar os desenvolvimentos técnico-científicos no que respeita à sanidade animal, sempre de acordo com as normas e exigências legais.


Programa de Acção do ADS para 2020


Medidas excepcionais de protecção pecuária associadas à emergência sanitária da COVID-19 - Despacho nº 14/G/2020


Perguntas e respostas recebidas do Ministério da Agricultura, sobre o COVID-19 e algumas questões ligadas à Veterinária

Perguntas frequentes – FAQ Veterinária


Febre Catarral Ovina - Língua Azul - Edital nº 53

A DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foi confirmada pela CE a atribuição a Portugal Continental do estatuto indemne para o serotipo 1 da Língua Azul.

Cessa a vacinação obrigatória para o Serotipo 1, mantendo-se em vigor as medidas para controlo do serotipo 4, designadamente a vacinação obrigatória dos animais da espécie ovina, com mais de 6 meses de idade, dos concelhos e freguesias indicados na tabela 1 do edital.


Peste Suína Africana (PSA) - Medidas preventivas em Portugal - Nota informativa nº 3/2020/PSA


BOVICARE – Programa Voluntário de Controlo do IBR (Rinotraqueíte Infecciosa Bovina) e do BVD (Diarreia Viral Bovina). 

Para mais informações contacte o ADS da ACOS. T: 284 310 350


O ADS de Beja é membro da União dos ADS do Alentejo, organização que congrega os onze ADS existentes no Alentejo.

Integra também, por via da União dos ADS do Alentejo, a Federação Europeia para a Saúde Animal e Segurança Sanitária - FESASS