A ACOS iniciou, em setembro de 2017, a comercialização de ovinos, que permite aos seus associados venderem os seus animais através de uma plataforma comercial, que, estabelecendo as normas zootécnicas e de profilaxia sanitária, bem como os preços de referência, permite organizar o setor, podendo os sócios beneficiar de uma estrutura associativa reconhecida que lhes garante mais segurança. Esta estrutura intervém tanto ao nível do escoamento, como das normas de maneio e sanitárias exigidas e, acima de tudo, ao nível dos preços praticados.

Saiba Mais

Esta é uma secção da ACOS que se dedica em exclusivo à comercialização de ovinos: borregos e ovinos adultos.

A médio prazo este serviço deverá ser alargado a outras espécies: caprinos, suínos e bovinos, em outros moldes diferentes dos leilões.

Para aderir a este serviço, os sócios têm de cumprir as normas estabelecidas para o efeito. As normas sustentam-se em várias especificidades técnicas relacionadas com as particularidades produtivas dos ruminantes. É imprescindível observar regras muito precisas do ponto de vista sanitário, zootécnico, no que diz respeito aos desmames, à adaptação alimentar, entre outros.