Notícias e Destaques ACOS

GRIPE AVIÁRIA DE ALTA PATOGENICIDADE

A 18 de fevereiro, recebemos a confirmação pelo INIAV de novo foco de gripe aviária por vírus do subtipo H5N1 de alta patogenicidade, numa exploração de detenção caseira com 26 galinhas poedeiras, na freguesia de Mértola, distrito de Beja.

 Foi identificada apenas uma exploração de classe 3 na zona de vigilância deste foco.

 Edital nº 11.

  Mais informações sobre esta matéria em:

https://www.dgav.pt/animais/conteudo/animais-de-producao/aves-de-capoeira/saude-animal/doencas-das-aves/gripe-aviaria/